Exclusivo

Innatura, o MPB Roots

Vitor Orlando Gagliardo - jornalista

govitor@yahoo.com.br


Lembra da banda Natiruts que fez muito sucesso no final dos anos 90, com as músicas ‘Presente de um Beija Flor’ e ‘Verbalize’? Pois é, três integrantes daquela época, Izabella Rocha, Bruno Dourado e Kiko Peres se reuniram e formaram o InNatura. “Somos uma banda de música brasileira, podendo flertar com todos os ritmos sempre voltando ao nosso velho e bom reggae. Seríamos uma espécie de MPB Roots”. Leia, abaixo, uma entrevista exclusiva com Bruno Rocha que fala sobre o atual trabalho, o cd e dvd ‘Um Artista Brasileiro’, a antiga banda e o próximo trabalho.



1. Qual a principal diferença do som do InNatura para o do Natiruts?

O som do Innatura é indiscutivelmente influenciado pelo Natiruts, banda na qual, ajudamos a formar e a levantar vôo. Ainda quando fazíamos parte do Natiruts sentíamos falta de mesclar o reggae a outros estilos, mas sem perder a maior característica que era o reggae roots. Agora, somos uma banda de música brasileira, podendo flertar com todos os ritmos sempre voltando ao nosso velho e bom reggae. Seríamos uma espécie de MPB Roots. Outra diferença é que levamos a carreira de uma forma mais regrada, pois não é fácil para um pai e mãe deixar dois filhos e cair na estrada. Estamos esperando eles crescerem para podermos voltar com força total para a estrada. Porém, a parte musical de composição e arranjos está de vento em polpa.


2. Após a saída do Natiruts, o que motivou vocês a criarem o InNatura?


Após a saída do Natiruts ficou um buraco muito grande e vazio em nossas vidas, e rapidamente, percebemos que não poderíamos ficar longe dos palcos e da música. No início, fizemos um trio eu, Bela e Kiko Peres no formato acústico. Só dois violões e duas vozes, onde a Bela interpretava cantoras como Erika Baduh e Lauren Hill. Assim nasceu o Innatura, de uma forma natural cantando as músicas como a maioria veio ao mundo, em voz e violão.


3. Vocês já pensam em um novo trabalho?

Estamos em pré-produção do nosso segundo disco, que será gravado em agosto e setembro de 2010. A nossa expectativa é imensa por se tratar de um disco com todas as músicas de nossa autoria. Músicas que estão compostas até antes da nossa passagem Natiruts que finalmente virão ao público e ficarão eternizadas em nossas vozes e instrumentos. Vários músicos da família Innatura estarão presentes nesse disco que terá o Apoio do FAC - Fundo de Apoio à Cultura.

2 comentários:

Anônimo | 14 de julho de 2010 14:11

muito boa a banda

Anônimo | 14 de julho de 2010 14:15

pena que não tem show agendado para o RJ agora

Postar um comentário