Matéria

Jogadores de futebol - Casos de polícia

Vitor Orlando Gagliardo - jornalista

govitor@yahoo.com.br



O goleiro do Flamengo está sendo investigado pelo sumiço de Eliza Samudo, uma ex-namorada com quem supostamente teve um filho. O delegado do Departamento de Investigações de Belo Horizonte, Edson Moreira, já declarou que o Bruno é o único suspeito.

Essa não é a primeira vez que o jogador se envolveu com problemas na polícia. Em outubro do ano passado, Eliza registrou uma queixa alegando ter sido seqüestrada, agredida e ameaçada para que abortasse o suposto filho com o jogador.

Toda essa polêmica envolvendo um jogador de futebol não é novidade. Listei, abaixo, algumas histórias de jogadores que tiveram problemas com a polícia.


Adriano

O jogador do Roma tem uma extensa lista de problemas com a polícia. Enquanto ainda jogava pelo Flamengo, o Imperador foi investigado de inúmeras ligações com traficantes da Vila Cruzeiro. O jogador ainda responde por associação ao tráfico e lavagem de dinheiro.


Vagner Love

O Artilheiro do Amor foi flagrado em um baile funk na Rocinha sendo escoltado por traficantes da favela que utilizavam uma arma AT-4, utilizada nos confrontos do Iraque e do Afeganistão. O jogador em seu depoimento, disse que foi à favela para comemorar a vitória do Flamengo por 4x2, no Volta Redonda, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Ele, disse ainda, que tem trabalhos sociais na Rocinha e achou ‘normal’ que traficantes andassem armados.

Edmundo

O jogador foi um craque dentro do campo. Tem um histórico fantástico como jogador, mas também possui uma lista de problemas. Edmundo já foi acusado e absolvido de dirigir bêbado e desacatar policiais militares. Já foi processado por espancamento pela sua ex-mulher. Na festa de um ano de seu filho, inspirada em um circo, ele deu cerveja para um chimpanzé e respondeu por maus tratos aos animais. E, por fim, foi condenado a quatro anos e meio (ainda tenta reverter a situação) por homicídio culposo e lesão corporal pelo acidente de carro, em 1995, que culminou com a morte de Joana Maria Martins Couto, Alessandra Cristini Paricier Perrota e Carlos Frederico Brites Tinoco Pontes e lesões provocadas em Roberta Rodrigues de Barros, Débora Ferreira da Silva e Natasha Marinho Ketzer.

Romário

O Baixinho já foi inquirido para responder sobre um crime ambiental em sua propriedade, em Angra dos Reis. Supostamente, durante as obras, teria sido dinamitado uma rocha para remover uma pedreira. O jogador também responde pelo suposto envolvimento em um jogo conhecido como pirâmide, que culminou com a morte de uma pessoa. No ano passado, Romário chegou a ficar preso por 22 horas por não pagar pensão alimentícia.

Edinho (filho do Pelé)

O filho de Pelé já foi goleiro do Santos. Em 2005, foi acusado e condenado por envolvimento com o tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. Ficou um ano e meio na prisão. Já confessou publicamente ser usuário de maconha, mas admite estar livre do vício. Hoje, é auxiliar técnico do clube santista.


Ronaldo

Quando ainda jogava pelo Milan, o Fenômeno esteve na final do Carioca de 2008, vencida pelo Flamengo. Para comemorar o título, contratou os serviços do travesti, André Luis Ribeiro (já falecido). O caso parou na polícia, pois o travesti alegou que Ronaldo não teria pago o programa. Em depoimento, o jogador disse não saber que se tratava de travestis (ao todo eram três) e que quando percebeu que não eram mulheres, dispensou os serviços. O Fenômeno alegou ainda que os travestis tentaram extorqui-lo em R$ 50 mil.


Viola

O veterano jogador com passagens por grandes times como Corinthians, Palmeiras e Vasco, tem lista longa de problemas com a polícia. Em 2006, durante uma discussão com a ex-esposa, ele portava uma espingarda calibre 12. Embora tivesse porte de arma, não tinha autorização para utilizar aquela arma. Ficou dois dias presos. Em 2008, teve prisão preventiva decretada por ter agredido um torcedor em 2002, quando ainda atuava pelo Vasco.

8 comentários:

Anônimo | 30 de junho de 2010 16:28

Flamerda vendeu ele, assinou um contrato de 20 anos pra jogar no BANGU 3

Anônimo | 30 de junho de 2010 16:32

só ladrao

Anônimo | 30 de junho de 2010 16:33

tem o time titular do Flamengo todo aí e ainda mais alguns reservas! (HUAHUAHUAHUAHU) Ok, ok... Menos...

Anônimo | 30 de junho de 2010 16:34

Edmundo já deve ter estacionamento privado na delegacia.

Anônimo | 30 de junho de 2010 16:35

Edmundo: "... a festa de um ano de seu filho, inspirada em um circo, ele deu cerveja para um chimpanzé..."

Eu lembro disso, ele falou que era guaraná...

Anônimo | 30 de junho de 2010 16:36

Viola
ele portava uma espingarda calibre 12. Embora tivesse porte de arma, não tinha autorização para utilizar aquela arma


Meu Deus... quem daria porte de arma pra esse maluco?? hauuhauhauh

Anônimo | 30 de junho de 2010 16:39

Uma vez o Botafogo contratou um jogador enquanto ele ainda cumpria pena

Fatima | 30 de junho de 2010 16:40

O nome do jogador citado acima é o Hernandes que jogou pelo vasco também.

Postar um comentário