Espiritualidade

O que é espiritualidade?
Helber Augusto - catequista

helber-augusto@hotmail.com


É um desafio tentar descrever em poucas linhas um tema que muitas vezes não se tem uma explicação lógica ou teológica definitiva. É um tema que acima de tudo precisa ser vivenciado para poder ser compreendido com clareza. Nunca conseguiremos esgotar o que seria de fato a espiritualidade. Mas o que seria a Espiritualidade?

Espiritualidade da raiz espírito vem do latim “spiritus”, “spirare”, que significa “sopro”, “soprar”.

É uma dimensão humana, é aquela que nos coloca perguntas sobre o sentido da vida, os valores pelos quais nos guiamos e, muitas vezes, essa dimensão espiritual nos leva a abraçar a fé, mas espiritualidade não é fé. É uma profundidade pessoal, e vai sendo forjada pelas motivações que nos fazem vibrar, pelos ideais que nos movem. Por este motivo, dizemos que a pessoa espiritual é, então, antes de tudo, livre, integrada e em constante movimento.

A espiritualidade não é patrimônio de pessoas espirituais, santos, gurus, nem sequer é privativa de pessoas que crêem. Aqueles que não crêem também têm vida espiritual.

A expressão da espiritualidade num determinado sistema religioso, no Cristianismo, por exemplo, já é uma opção de fé. É o eixo motor da dinâmica do agir do ser, a exemplo de Jesus, quando afirma que o Espírito do Senhor está sobre mim! (Lucas 4,18-19; Isaías 61,1-2). Não é o templo, não é o sumo sacerdote, nem o rei, mas o Espírito do Senhor. Ele está acima da religião, dos parâmetros culturais e institucionais.

Como mencionei no início, nunca conseguiremos esgotar o que seria a espiritualidade, mas precisamos buscar vivenciá-la. É o jeito novo de viver a vida, de ver o mundo e de agir sobre ele. Na espiritualidade Cristã, esse jeito novo de viver, não é outro senão o jeito que Jesus viveu. Ele não teve em sua vida outro vento que o impulsionasse senão o sopro do Espírito Santo. Mas isso fica para a próxima.

Um forte abraço a todos!

2 comentários:

Anônimo | 7 de maio de 2010 21:52

BELA DESBUROCRATIZAÇÃO PARABENS, POIS SIMPLIFICAR É SEMPRE MELHOR.
POIS OS MELHORES ENSINAMENTOS DADOS A HUMANIDADE SEMPRE FORAM PUROS E SIMPLES, NOS QUE ADORAMOS COMPLICAR.

ESPIRITUALIDADE: TENDÊNCIAPARA PARA O DESENVOLVIMENTO DAS CAPACIDADES ESPIRITUAIS DE CADA UM.
UM FORTE ABRAÇO
AMÉRICO

Anônimo | 10 de maio de 2010 10:11

Claro, direto, animador!
A Espiritualidade não é um "segundo andar" adicionado à nossa humanidade, nada "sobrenatural"...
É a expressão da humanidade em si, suas capacidades, seus ideais...
Parabéns, Helber, amei!

Ann W.

Postar um comentário