Música

Marisa Monte: “Eu gostaria de ouvir mais minha alma”

Para divulgar seu novo disco (O que você quer saber de verdade), o oitavo da carreira, a cantora Marisa Monte e a gravadora EMI inovaram em uma coletiva on line que durou pouco mais de uma hora com uma média de cinquenta jornalistas inscritos de diferentes países (este trabalho será lançado, simultaneamente, em 28 países).



Confira abaixo um pouco do que aconteceu na coletiva da cantora que já vendeu mais de nove milhões de discos na carreira.

Dalva de Oliveira:

Sempre ouvi música brasileira. Eu fuçava os discos da minha avó, comprava em sebos, na FUNARTE. Foi nesse período que conheci Dalva de Oliveira. [a cantora regravou a canção Gabino Coria Penaloza]

Imprensa:

É da maior importância me comunicar com a imprensa. Eu quis dar uma chance igual para todos os jornalistas [nesta coletiva] e as novas tecnologias oferecem essa oportunidade para todos nós.

Novo disco:

Você vai descobrindo as coisas aos poucos e os desejos se renovam. Faz parte da insatisfação humana. O que quero é que as pessoas escutem um pouco mais a alma. Eu gostaria de ouvir mais minha alma.

Disco romântico?

Passei três anos compondo esse repertório. Escolhi as músicas que tive mais afinidade. Não digo que este trabalho seja romântico. É um trabalho solar, de bem viver, que busca a qualidade de vida seja no amor ou na vida.

Popular?

Não penso em fazer um álbum popular. Penso em me comunicar com as pessoas. Escolho as canções que se comuniquem primeiramente comigo e depois com o público. Se você repara, todos os meus álbuns tiveram uma canção popular como Bem que se Quis e Amor I Love You.

Turnê:

Ainda não tenho nenhum show programado. Só vou pensar em uma turnê no próximo ano.

Composição:

As músicas nascem do silêncio. Elas têm tempo e vida própria. Estou à disposição da inspiração para quando ela chegar.

Maternidade:

A maternidade me fez criar raízes. Me fez valorizar meu tempo dentro de casa de outra maneira. Me deu mais tranqüilidade em relação ao tempo. Hoje consigo desfrutar da minha vida pessoal e profissional.

Foto: Tom Munro

5 comentários:

Anônimo | 9 de novembro de 2011 07:05

Marisa Monte tem como maior qualidade a sua música e não precisa da imprensa para vender discos.

Anônimo | 10 de novembro de 2011 21:25

muito bom esse álbum ...

Anônimo | 10 de novembro de 2011 21:25

manteve o padrão de qualidade.

Anônimo | 12 de novembro de 2011 02:09

pq vc não fez uma crítica do disco?

Anônimo | 12 de novembro de 2011 08:55

Não fiz a crítica do disco, pois este blog tem o intuito de ser alternativo. Busco a matéria por um outro ângulo. A crítica deste álbul saiu nos principais jornais, sites e revistas escritas, supostamente, por especialistas.


Agradeço por acompanhar o blog.


Um abraço
Vitor

Postar um comentário