DIRTY POP

João transa com Pedro, que é gamado na Maria que fica com Beatriz que namora João!
Daniel Amaral - ator/compositor

Se esse famoso poema fosse adaptado aos dias atuais ele com certeza seria reescrito desta maneira! Vivemos em um mundo de grande liberdade sexual, essa liberdade foi conseguida através de muitas batalhas travadas por grandes ícones da cultura POP. Exemplos são inúmeros tais como: Cazuza que lutava pelo direito de amar em suas canções e no seu jeito irreverente de se vestir. Renato Russo que chocou o povo brasileiro ao cantar: "Acho que gosto de São Paulo, gosto de São João, gosto de São Francisco e São Sebastião e eu gosto de meninos e meninas! "

Enfim eu poderia encher páginas e páginas com grandes exemplos de pessoas que lutaram pela liberdade sexual que temos hoje.

Um dos últimos a sair do tão comentado armário foi o cantor Rick Martin, através de seguinte declaração em seu Twitter: "Tenho orgulho de dizer que sou um felizardo homem homossexual. Sou muito abençoado em ser o que sou" Outro exemplo é a nova sensação pop Lady Gaga a contra se assumiu como bissexual e se auto-difiniu porta voz do publico homossexual em um discurso com ânimos a flor da pele onde chegou a gritar com o presente dos Estados Unidos e disse em entrevistas posteriores que esse foi o momento mais importante de sua carreira. Confiram essa história: Na abertura de um evento, a cantora, assumindo-se como porta-voz de uma nova geração "que deve continuar a luta do movimento gay e derrubar de vez as barreiras que impedem que a sociedade norte-americana seja igualitária", falou à multidão que "não ia tolerar qualquer comportamento homofóbico nas letras, música ou atitude da indústria musical".
A cantora ainda direcionou seu discurso ao presidente norte-americano Barack Obama. “Obama, eu sei que você está nos ouvindo. Você está ouvindo?”, perguntou, levantando o tom de voz. Gaga ainda terminou o discurso dizendo estar orgulhosa de participar da manifestação: "Como mulher com os fãs gays mais lindos do mundo, estou muito honrada de estar aqui hoje".

Acho que não tenho mais muita coisa a dizer, sou feliz por viver nessa geração tão esclarecida e cada vez mais livre de pudores e falsos moralismos, confesso meu desejo de assistir ao vivo a realização do primeiro casamento gay do Brasil! Será que ele sair logo?

Críticas e sarcasmos a parte, eu sou Daniel Amaral e esse é o meu ponto de vista. Espero que eu tenha conseguido levar vocês leitores a um momento de reflexão e que meu texto gere no mínimo uma discussão sadia!

4 comentários:

rejane sabino rodrigues | 21 de maio de 2010 07:56

Daniel Amaral vc esta de parabéns por este maravilhoso trabalho.
Isso é bom para que as pessoas possam refletir, e pararem com suas cristicas passem a enxergar o mundo de outra forma!!!!!!!!

Carolina Reis | 21 de maio de 2010 14:15

Muito bom o texto, parabéns ao Daniel Amaral pelo ponto de vista. Muito interessante, quem dera se todos tivessem o mesmo pensamento.

Natasha | 21 de maio de 2010 14:54

Boa Daniel... liberadade de expressão, liberdades de escolhas... Para tudo nessa vida..

Larissa Coffone | 23 de maio de 2010 13:35

Adorei o texto! Muitas coisas já mudaram e melhoraram, mas sem dúvida ainda tem muita coisa para ser melhorada, um texto como esse faz com que as pessoas reflitam sobre suas opniões. Parabéns Daniel Amaral!

Postar um comentário